Skip to content

Green color

    Increase font size  Decrease font size  Default font size  Skip to content
Edição 5



Apresentação Imprimir E-mail

O constante crescimento do interesse pela língua portuguesa na China, em razão dos inúmeros acordos bilaterais que esse país tem realizado com as nações de língua oficial portuguesa, fez com que o número de cursos de PLE oferecidos nas universidades chinesas aumentassem exponencialmente nos últimos anos. Como é natural, essas universidades exigem professores cada vez mais qualificados, capazes de atender às demandas estratégicas de qualquer instituição de ensino superior que queira se destacar no âmbito nacional e internacional, demandas essas que se referem à qualidade de ensino e de pesquisa.

Leia mais...
 
Mudança de atitude dos aprendentes chineses em relação à aprendizagem do português (PLE) Imprimir E-mail

Resumo:

Um dos objetivos deste texto é apresentar características do perfil do aprendente de português, universitário, em fase inicial de aprendizagem, falante nativo de chinês e em contexto de não imersão linguística que frequenta os cursos de Português da Universidade de Macau, na Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), onde a língua portuguesa tem o estatuto de língua oficial até 2049. Destacam-se os dados relativos às atitudes que estes aprendentes têm em relação à língua portuguesa, aos falantes nativos e ainda ao modo como a própria aprendizagem do Português Língua Estrangeira (PLE) decorre.

Palavras-chave:Português Língua Estrangeira, perfil do aprendente,atitudes

Leia mais...
 
Língua, Cultura, Aprendizagem: Contributos para uma Abordagem Intercultural ao EnsinoPortuguês Língua Estrangeira em Macau Imprimir E-mail

Resumo

O sucessodo processo de ensino e aprendizagem de uma LE, sobretudo quando é tipologicamente afastada da língua dos aprendentes, como no caso do ensino do PLE a alunos chineses, depende muito da comunicação intercultural eficaz entre os participantes. Importa ter presentes as relações entre língua, aprendizagem e cultura e a forma como interagem para dar forma aos estilos culturais de aprendizagem, evitando caraterizar os alunos chineses através de estereótipos como a passividade e as dificuldades na aprendizagem do PLE. Compreender as caraterísticas e necessidades destes alunos e da sua comunidade é fundamental para desenvolver um currículo e aprendizagem eficazes.

Palavras-chave: ensino de PLE, abordagem intercultural, alunos chineses

Leia mais...
 
As Competências Comunicativas Interculturais e a Formação de Professores de Português Língua Estrangeira em Macau Imprimir E-mail

Resumo

O hábito monolinguístico dos sistemas educativostem sido um entrave à construção de uma sociedade que privilegie o diálogo intercultural. A consciência (multi)linguística na escola e a aprendizagem de línguas devem ser encaradas como o acesso privilegiado ao reconhecimento do diferente, dos outros diferentes de nós. As pedagogias multilingues poderão constituir um fator determinante de consciencialização nas crianças e nos jovens alunos do valor da tolerância e do apreço pela diversidade que significa essencialmente respeito pela diferença, essencial a uma coabitação pacífica. A capacitação dos professores com competências comunicativas interculturais (CCI), sobretudo os que ensinam em contextos multiculturais e os professores que ensinam línguas estrangeiras em Macau é, assim, um premente tópico de reflexão.

Palavras-chave:Competências comunicativas interculturais, formação de professores, Macau.

Leia mais...
 
Práticas na Feira de Cantão e suas Interfaces no Ensino/Aprendizagem de PLE de alunos da GDUFS Imprimir E-mail

Resumo

O presente artigo investiga ainfluência da prática de interpretação na Feira de Cantão (FC), uma das feiras de negócios mais importante do mundo, nas motivações, crenças e estratégias de aprendizagemde aprendentes de uma turma de Português Língua Estrangeira (PLE) em Guangzhou, China, ao longo de seus cursos de graduação.Faremos uma contextualização sobre o ensino de PLE em Guangzhou e discutiremos brevemente os temas deste estudo (motivações, crenças e estratégias de aprendizagem)para, em seguida, analisaralgumas narrativas sobre a experiência da primeira participação dos aprendentes como intérpretes na FC. A análise das narrativas aponta que a prática na FC atua positivamente na (re)criação dasmotivações, crenças e estratégias de aprendizagem dos aprendentes.

Palavras-chave:Português língua estrangeira na China. Motivação. Crenças. Estratégias de aprendizagem.

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Pesquisar